Uma Epígrafe



"...Quanto à poesia, parece condenada a dizer apenas aqueles resíduos de paisagem, de memória e de sonho que a indústria cultural ainda não conseguiu manipular para vender."...[Alfredo Bosi, in O Ser e o Tempo da Poesia, p. 133]

quinta-feira, dezembro 25, 2008

Natividade 3 ( o advento )


“Um menino nasceu para nós” (Is 9,5).



com o corpo terrestre dos mortais,
com a vulnerável e tenra idade das crianças


e apesar do ateísmo que me alcança,
rendo-me a Ele,
pois não faz sentido
viver sem esperança
e, Nele, louvo a natividade
de todas as crianças.



Eurico
25/12/2008
Feliz niver, menino-deus!!!

****************************
Postar um comentário