Uma Epígrafe



"...Quanto à poesia, parece condenada a dizer apenas aqueles resíduos de paisagem, de memória e de sonho que a indústria cultural ainda não conseguiu manipular para vender."...[Alfredo Bosi, in O Ser e o Tempo da Poesia, p. 133]

segunda-feira, março 14, 2011

POEMA DE CIRCUNSTÂNCIA

Assis Freitas

Poeta e escritor, idealizador do blog 1001 poemas.
Feira de Santana, Bahia, Brasil











Com um meta-Poema deste Poeta com P maiúsculo,
o Eu-lírico celebra o Dia da Poesia (com deleitoso espanto):



4 - poema de circunstância


o poema não nasce torto
são as palavras que se
desconfiam unidas amiúde
e não satisfeitas
querem se fundir em espanto


poema postado por Assis Freitas às 08:45
sexta-feira, 16 de outubro de 2009
Postar um comentário