Uma Epígrafe



"...Quanto à poesia, parece condenada a dizer apenas aqueles resíduos de paisagem, de memória e de sonho que a indústria cultural ainda não conseguiu manipular para vender."...[Alfredo Bosi, in O Ser e o Tempo da Poesia, p. 133]

quinta-feira, abril 30, 2009

Grande Angular - (Ecce Homo)

























foto-viajante, tirada pelo usuário do Flickr heiwa4126,
com uma lente olho de peixe ultragrande-angular
.



Melhor deixar-se flutuar
por trás do texto
E ser levado pelo mundar do mundo...

Adentrar ao templo, sem véu,

Onde a verdade, numinosa,
Surge e nos acomete
:
Epifania.
Aletheia grega

ou
luciferina lucidez;
Fulgurações.
Apocalipse interior
ou
Desocultação do ser.

Minha saída para o universo é por essa ruela aí fora.
Ad-miro o que sou, visada re(l)ativa.
E sou perspectiva.
Então... eu não sou eu, quando penso?
Je pense, e apesar disso, donc je suis?
Incógnito, ergo sum?

Claro que não!Filho dos meus olhos,Sou o que me fizeram ver.

Melhor é deixar-se levar pelo aórgico.
E fugir desse delírio cartesiano,
Que só produz saaras amazônicos.

Melhor cantar como Hölderlin...

Melhor deixar-se boiar,
E ser levado pelo mundar do mundo...
Melhor saudar os deuses úberes da terra
E abrir-se à Grande Angular
:
Eis os numes da primavera!
Eis o Homem!
Fonte da imagem:www.gizmodo.com.br/tags/fotografia

***************************************
Postar um comentário