Uma Epígrafe



"...Quanto à poesia, parece condenada a dizer apenas aqueles resíduos de paisagem, de memória e de sonho que a indústria cultural ainda não conseguiu manipular para vender."...[Alfredo Bosi, in O Ser e o Tempo da Poesia, p. 133]

quinta-feira, fevereiro 24, 2011

A FESTA!!! (Bloco Lírico Flores do Capibaribe entusiasma a Aurora dos Carnavais!)

Festa, movimento, alegria: todo o lirismo dos blocos líricos. E a energia vermelho-paixão, das Flores do Capibaribe. Aliás, ali era a nossa praia, pois a Rua da Aurora fica na margem esquerda do velho rio, cheia de flamboyants (vermelhos) e prédios imponentes (e vermelhos) como o Ginásio Pernambucano, um casario que lembra as evocações de Manuel Bandeira.


Mas o passado se rende ao presente, ao ver brotar na Aurora, o animado cortejo das Flores do Capibaribe, um bloco lírico que desfila pelo segundo ano, mas que já é o xodó dos poetas e compositores da cidade. Que me perdoem os macambúzios, mas nossa alegria é fundamental!!!


O coral se posiciona...


E o povo aplaude nossa entrada!

O movimento é gracioso e espontâneo...nada é ensaiado.


Mas eu tento dar uma de diretor de harmonia... rsrsrs




Harmonia? Elas passam isso naturalmente!

Os marmanjos são cinturas duras....kkk

De repente a coisa pega fogo, a imagem até tremeu... rsrsrs

Depois, só curtir os clics e mais clics!


Todo mundo quer sair na foto!

Criança tem direito a foto especial!


Essa é a regente do coral (Nino, de preto, e Derivaldo, são músicos)

E a nova geração curte o lirismo dos blocos.

A flabelista cuida da netinha, flor-do-futuro.

A flor-presidenta e sua filhota, num aconchego!



Maria e a flor Jacira confraternizam com Bloco das Artesãs

O compositor Nino Pop, sua Jacira e eu.



Eu, fingindo de sério.

A pequena florista, em belo clic.



Dois blocos, duas gerações e uma só alegria! 


Samantha, pra dizer tchauzinho. Até breve!
Postar um comentário