Uma Epígrafe



"...Quanto à poesia, parece condenada a dizer apenas aqueles resíduos de paisagem, de memória e de sonho que a indústria cultural ainda não conseguiu manipular para vender."...[Alfredo Bosi, in O Ser e o Tempo da Poesia, p. 133]

sábado, janeiro 29, 2011

CARNAVALÍRICO (4)

Romero Amorim recebe flores das mãos de Samantha
(Evento: Movimenta Várzea/2010)


Tributo a Romero Amorim
(frevo-ciranda)

Um beija-flor beija a flor, suavemente,
num flamboyant debruçado sobre o rio...
E as pastorinhas passam cantando, alegremente,
sob um céu de anil.

A linda pastorinha
dos lábios de carmim
canta um frevo-ciranda
para o poeta Romero Amorim.

Vai, linda flor,
e leva flores pro bom compositor.
Graças a ele o nosso bloco vai
brincar na Aurora dos Carnavais...




Compositor: Lula Eurico/2010
(todos os direitos doados ao Bloco Lírico Flores do Capibaribe)
Postar um comentário