Uma Epígrafe



"...Quanto à poesia, parece condenada a dizer apenas aqueles resíduos de paisagem, de memória e de sonho que a indústria cultural ainda não conseguiu manipular para vender."...[Alfredo Bosi, in O Ser e o Tempo da Poesia, p. 133]

quarta-feira, junho 24, 2009

Ciranda Cósmica



“Eu quero aproximar o meu cantar vagabundo,
daqueles que velam pela alegria do mundo. “

.............................Caetano Veloso




Há uma fogueira ancestral, no meio da praça!
E dança em círculo,
uma gente jubilosa.

No céu, giram miríades de astros sorridentes.

Deus vela pela alegria do efêmero,
e pela festa ao instante que passa...

Sua Mão cuida das nossas órbitas.
Nele vivemos, nos movemos e existimos...
Nele, o infindável movimento circular
Giremos, pois, nessa ciranda.
Dancemos ao Eterno fluir.

Assim seja sempre!
....
.




###########################



Eurico


24/06/2009


(Ainda energizado pela deliciosa ciranda, de ontem à noite, na Praça da Igreja da Várzea.)


Para ver mais fotos da celebração clique na imagem:



Estarei entre os brincantes, sambando côco, de boina, calça marrom e camisa vermelha, nas cores do santo, ou do orixá, como queiram, sempre forrozando com a minha florzinha do Capibaribe:




Mais fotos da festa, clique aqui: http://floresdocapibaribe.blogspot.com/


###########################

Postar um comentário