Uma Epígrafe



"...Quanto à poesia, parece condenada a dizer apenas aqueles resíduos de paisagem, de memória e de sonho que a indústria cultural ainda não conseguiu manipular para vender."...[Alfredo Bosi, in O Ser e o Tempo da Poesia, p. 133]

sexta-feira, setembro 21, 2012

PASSAREDO (vitral abstrato)

Passaredo - E. B. Brito


 
Sounds of Nature - Forest Piano:

 

Oiço pássaros,
nesse palrar de traços;
 
Pássaros,
saltitam, abstratos;
 
Pássaros.
Alegres, ruidosos, inquietos, inexatos;

Vários:
ferreiros, sabiás,
canários e sanhaços;
 
Pássaros,
 gorjeiam nos rabiscos.
passeiam nos espaços.
 
Silêncio!

Oiçam os traços...
 
 
 
 ***

Nota do blogueiro:
Não é poema,
é mera legenda para essa imagem maravilhosa
de Emanuel B. Brito.
 
 
 

 
Postar um comentário