Uma Epígrafe



"...Quanto à poesia, parece condenada a dizer apenas aqueles resíduos de paisagem, de memória e de sonho que a indústria cultural ainda não conseguiu manipular para vender."...[Alfredo Bosi, in O Ser e o Tempo da Poesia, p. 133]

sexta-feira, outubro 29, 2010

Roma e Haiti



A liberdade de pensar, a liberdade de culto, a liberdade, enfim, (o próprio livre arbítrio, que já deve estar gravado no inconsciente coletivo) fica estremecida sempre que um líder religioso faz declarações inoportunas. O Brasil é um Estado laico e demos graças a Deus por ter tirado dos Romanos, os poderes que há séculos atrás nos afligiram.
Que durma em paz, o bispo de Roma, no seu luxuoso palácio, ostentando sua força política, depois de reunir os bispos conservadores do Brasil.
Enquanto SS ressona com o código canonico à cabeceira, o cólera morbus devasta as crianças do Haiti. Que falta nos faz dona Zilda Arns! Vale mais uma Zilda, leiga, que mil bispos indiferentes diante da dor humana.

Abençoado seja quem separou Estado e Igreja!
Saúde e fraternidade a todos!

P. S.: como não é nosso desejo ferir os muitos amigos e irmãos católicos que temos, declaramos que não há aqui nenhum anti-clericalismo. Sou fã de Dom Hélder, Pe. Reginaldo Veloso, Irmã Dulce, Zilda Arns e Leonardo Boff. Também venero Maria e amo Jesus. Sei, no entanto, que eles jamais aprovariam o Santo Ofício, nem silenciariam a Teologia da Libertação, por exemplo. O que temo é a hipocrisia e a tentativa de desfazer o estado laico e plural, que conseguimos a preço de tantas mortes e privações. É isso!
Postar um comentário