Uma Epígrafe



"...Quanto à poesia, parece condenada a dizer apenas aqueles resíduos de paisagem, de memória e de sonho que a indústria cultural ainda não conseguiu manipular para vender."...[Alfredo Bosi, in O Ser e o Tempo da Poesia, p. 133]

domingo, novembro 14, 2010

HERESIAS nº 1



Uma infinidade de justapostas (in)certezas
formam em minhalma um instável mosaico.

Mil ritos sufocam-me
e a profusão de verdades litúrgicas engessa-me a emoção.

...Sonho a liberdade de uma Samaria proscrita...


Já não temos poços, nem cântaros;
A brisa sopra onde quer.
Beberei das nuvens que escorrem
das Tuas Mãos em concha.

Retomo as minhas pegadas nesse oculto Caminho do Interior.







Imagem recolhida do Google.
Postar um comentário